É possível tratar Cancro da Próstata e a Hiperplasia Benigna da Próstata em apenas 1 dia

O processo desde o diagnóstico de cancro da próstata ou de Hiperplasia Benigna da Próstata não é fácil para o doente – pelo medo da doença e seus possíveis efeitos e também pelo desconhecimento quanto ao tratamento.

Assim, ter garantias de que poderá efectuar um tratamento muito eficaz, numa única vez e que só estará internado um dia ou até menos, é um enorme alívio.

Vamos dar-lhe a conhecer algumas técnicas que o permitem.

Tratamentos Cancro Prostata Hbp

Eliminar o Cancro da Próstata num só Tratamento

Para quem recebe este diagnóstico, a patologia pode parecer muito difícil de resolver, gerando Medo, Incerteza e Dúvida – o factor MID.

Mas o desenvolvimento de novas técnicas traz novas possibilidades, mais satisfatórias, quanto à eficácia e praticidade do tratamento.

Naturalmente, tudo depende do tipo de tumor – o seu estadiamento, localização, dimensões e agressividade.

Mas, para tumores localizados, existe a possibilidade de recorrer a uma das seguintes técnicas que permitirão, na grande maioria dos casos, tratar o cancro prostático num só dia.

 

Implementação de sementes radioactivas

Este é um procedimento em que são colocados implantes dentro da próstata que vão libertando radiação para o tumor, ao longo do tempo, até o eliminar.

Vejamos como se processa este tratamento, conhecido como Braquiterapia:

  • É administrada anestesia;
  • É inserido um catéter pela uretra para drenar a bexiga;
  • No períneo, são introduzidas algumas agulhas;
  • Os implantes radiactivos passam pelas agulhas até à próstata, permanecendo neste órgão;
  • A colocação dos implantes é feita, de modo muito rigoroso e preciso, de acordo com a informação da localização e tipo de tumor, volume e forma da próstata, de acordo com um sofisticado software e com as indicações da equipa (que inclui um urologista, um radioterapeuta e um físico);
  • Coloca-se uma compressa na zona onde estavam as agulhas para evitar que inche ou sangre.

Dado que este procedimento é realizado de forma minimamente invasiva, sem incisões, e dada a sua curta duração (até 2 horas), o paciente recupera rapidamente, mesmo que sinta alguns sintomas como sonolência (algumas horas), desconforto local ou queixas urinárias.

Mais: a pouca probabilidade de complicações permite regressar a casa no mesmo dia ou no dia seguinte.

Antes da alta, os cuidados são mínimos: é necessário retirar a algália e ouvir os conselhos e recomendações do médico quanto à recuperação.

Depois, é só deixar que os implantes façam o seu trabalho no conforto da sua casa.

 

Congelamento do tecido doente

Esta técnica realizada num dia permite actuar sobre tumores localmente avançados ou em recidivas. É uma técnica adequada para tratar os doentes que foram tratados a um cancro da próstata com radiação (por exemplo Radioterapia Externa), mas em que ocorreu uma recidiva.

Fazendo uso de muito baixas temperaturas para destruir o tumor, o processo de Crioterapia é o seguinte:

  • Aplicação da anestesia;
  • Inserção de um catéter especial para drenar a bexiga e proteger a uretra das baixas temperaturas, usando um líquido quente, que circula no catéter durante a realização da intervenção;
  • Colocação de sonda ecográfica no recto para controle preciso de todo o processo;
  • Inserção das agulhas no períneo;
  • Libertação do gás pelas agulhas que congela por alguns minutos e assim destrói o tecido doente;
  • Aplicação de compressa na região intervencionada.

Graças à forma como a Crioterapia é actualmente realizada, existem poucos riscos de complicações e de efeitos secundários (a não ser possível edema, desconforto ou dor), resultando em menor tempo de internamento – um dia ou menos.

Ainda que o catéter possa permanecer durante alguns dias depois da intervenção (1 a 3, habitualmente) a recuperação é rápida (e o médico ensinará a usar o catéter, antes de ter alta).

 

Tratar a Hiperplasia Benigna da Próstata num procedimento único

Ainda que seja uma condição benigna, os sintomas do aumento da próstata tendem a ser muito incomodativos.

Existem várias medidas terapêuticas eficazes para a HBP. A boa notícia é que, além dessa eficácia, hoje existem novas técnicas que permitem acabar com o problema de uma vez, mesmo que os resultados possam demorar a ser notados.

 

Aplicação de energia térmica

Este método inovador, conhecido como Rezum, é aplicado de forma simples e rápida: através de agulhas, é aplicada energia térmica na forma de vapor de água em descargas de poucos segundos que eliminam o tecido em excesso.

Fazendo uso de anestesia geral, raquidiana ou local, o Rezum é um processo realizado em ambulatório, pelo que o doente não tem de ficar internado, regressando a casa após o tratamento.

Apesar do possível edema local e do catéter para drenar a bexiga, é possível recuperar a vida habitual em pouco tempo.

 

Administração de fonte de energia laser

Existem vários tipos de laser que podem ser usados, entre os quais o de HoLEP/Laser de Holmium:YAG ou o laser de KTP (conhecido como “Greenlight”), mas o intuito é sempre de destruir numa única vez o tecido em excesso, com fontes de energia conduzidas por fibras ópticas, através de instrumentos inseridos na uretra.

Ao não existirem incisões, o procedimento é realizado em cerca de 1 hora e o risco de complicações é baixo, tornando apenas necessário passar uma noite no hospital.

Mais: este método, que pode ser usado mesmo em próstatas de volume elevado, permite uma rápida recuperação pois não existe necessidade de cuidados especiais, ainda que o médico deva  transmitir algumas recomendações para o período após a alta.

Quanto à algaliação, geralmente dura cerca de 24 horas.

 

Interessado em saber mais sobre estes Tratamentos? Procure aconselhamento profissional

Ainda que, como vimos, estes tratamentos sejam promissores, é imprescindível avaliar cuidadosamente o paciente para averiguar se são indicadas para cada situação.

Sabia que no Instituto da Próstata somos especialistas nestas patologias e nos tratamentos mais inovadores?

Em média, já tratámos mais de 3000 pacientes com cancro prostático com técnicas como a Braquiterapia, ou outras, e mais de 2500 com próstata aumentada foram seguidos e tratados com métodos de laser, cirurgia ou Rezum.

Se sofre destes problemas, connosco encontra excelentes soluções para eliminar o problema rápida e eficazmente.

 

Teste Ipss Sintomas Da Prostata

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Pedido de Marcação de Consulta