Qual a gravidade dos seus sintomas da próstata? Faça o teste

Tem sintomas do foro urológico? Até que ponto afectam e limitam a sua qualidade de vida?

Por vezes, é difícil descrever o impacto que a sintomatologia das doenças da próstata, nomeadamente da Hiperplasia Benigna da Próstata, têm na vida diária. 

Para facilitar a identificação dos sintomas e a classificação mediante a sua gravidade, foi criado um teste internacional com perguntas simples, mas cujas respostas oferecem aos médicos dados valiosos.

Neste artigo, explicamos um pouco mais sobre este teste, em que consiste e quais os resultados possíveis. 

 

Por que razão importa avaliar a intensidade dos sintomas?

Apesar do aumento benigno da próstata poder causar alguma sintomatologia típica, cada situação clínica é encarada como um caso individual.

Isto significa que a forma como a patologia se manifesta pode ser altamente variável na sua intensidade. Em alguns homens, os sintomas não chegam a ser notados ou são ligeiros, e noutros são incomodativos e limitativos.

No primeiro caso, pode não ser preciso realizar tratamento, já que a sintomatologia não afecta consideravelmente o bem-estar – pode apenas optar-se por uma estratégia de vigilância, acompanhando a evolução dos sintomas ao longo do tempo.

Em casos mais severos, é comum optar por métodos de tratamento que combatem o aumento prostático, interventivamente.

Seja qual for o caso, o importante é que o tratamento seja adequado ao quadro clínico em questão.

Assim sendo, avaliar a gravidade das queixas é fundamental para a definição da estratégia terapêutica.

Além do mais, também é útil para monitorizar e perceber a eficácia dos tratamentos, permitindo adaptar ou alterar a terapêutica, caso seja necessário. 

 

Como avaliar os Sintomas do Foro Urológico?

Ainda que existam outras opções, a ferramenta mais utilizada para este fim, a nível mundial, é conhecida como o questionário IPSS – International Prostate Symptom Score.

Teste Ipss Sintomas Da Prostata

Esta avaliação tem como objectivo medir quantitativamente os sintomas do foro urológico sentidos e avaliar, de forma mais objectiva, os distúrbios a eles associados através de algumas questões referentes aos últimos 30 dias.

Assim, os pacientes conseguem avaliar a frequência dos seus sintomas numa metodologia autoaplicável e disponível online. 

 

Como funciona o teste?

As questões presentes no questionário dizem respeito às queixas miccionais típicas de um quadro de Hiperplasia Benigna da Próstata, nomeadamente:

  • Capacidade de esvaziamento da bexiga;
  • Frequência miccional;
  • Intermitência miccional (parar e começar de novo a urinar);
  • Urgência miccional (incapacidade de adiar a micção);
  • Força do fluxo;
  • Esforço para iniciar a micção;
  • Noctúria.

Assim, numa escala de frequência que vai do assintomático até ao muito sintomático, os pacientes avaliam cada um destes componentes.

Além disso, existe ainda uma questão relativa ao impacto da sintomatologia na qualidade de vida, estimada consoante o grau de bem estar dos pacientes perante o seu padrão miccional.

Esta é uma pergunta importante pois permite ao médico perceber o impacto dos sintomas no dia a dia dos doentes e a disposição do paciente em realizar tratamentos para aliviar a sua condição.

A todas as respostas é atribuída uma pontuação de 0 a 5; a soma dos resultados (das respostas a todas as questões), dá a conhecer a pontuação de gravidade dos sintomas.

 

Intervalos de avaliação

Com este teste, a gravidade das queixas pode ser classificada numa escala que varia entre os 0 e os 35, discriminados da seguinte maneira:

  • Pontuação dos 0 aos 7 – sintomas leves;
  • Pontuação dos 8 aos 19 – sintomas moderados;
  • Pontuação dos 20 aos 35 – sintomas graves.

Naturalmente, um bom resultado, considerado mais favorável para o paciente, é o mais baixo possível (entre 0 e 7), que indica menor agressividade dos sintomas. Significa que não existem repercussões significativas no seu bem-estar, podendo geralmente dispensar os métodos de tratamento habituais.

Por outro lado, de forma geral, os doentes que procuram soluções terapêuticas são os que apresentam sintomas em grau moderado ou grave, isto é, com uma pontuação igual ou superior a 8.

No entanto, também é verdade que o nível de tolerância aos sintomas depende de cada pessoa. A vigilância activa e a monitorização dos sintomas pode ser, ainda assim, a indicação para pacientes com scores elevados.

 

Já conhece a gravidade dos seus sintomas, e agora?

Apesar de ser um questionário bastante útil, é importante perceber que não substitui, de forma alguma, o aconselhamento médico e o diagnóstico, fundamentais para a avaliação do doente.

Só um profissional pode dar um parecer informado relativamente à presença ou ausência do aumento benigno da próstata. Além do mais, existem outras patologias que provocam sintomatologia semelhante.

A avaliação dos sintomas através deste teste pode (e deve) ser o ponto de partida para uma conversa com um médico especializado em patologias do foro urológico.  

Se quer conhecer a gravidade dos sintomas ou se pretende preparar-se para uma eventual consulta médica, faça aqui o teste de diagnóstico dos sintomas da próstata.

Depois, marque uma consulta online ou ligue-nos e conte com o apoio permanente da equipa multidisciplinar do Instituto da Próstata. 

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

É possível tratar Cancro da Próstata e a Hiperplasia Benigna da Próstata em apenas 1 dia

O processo desde o diagnóstico de cancro da próstata ou de Hiperplasia Benigna da Próstata não é fácil para o doente – pelo medo da doença e seus possíveis efeitos e também pelo desconhecimento quanto ao...

Problemas na Próstata podem causar Infertilidade?

Sofrer de problemas na próstata em determinada altura da vida é, infelizmente, uma situação recorrente, pelo que conhecer todas as consequências possíveis é uma necessidade compreensível. Além disso, se uma destas diz...

Dor na Próstata? Saiba o que pode significar

Sentir dor na próstata pode ser uma preocupação para qualquer homem. Afinal de contas, as patologias prostáticas estão entre as condições mais comuns no sexo masculino. Assim sendo, deve saber o que fazer em caso de dor e estar a par...

Pedido de Marcação de Consulta