O que pode um médico concluir no Exame do Toque Rectal?

De entre todos os exames que os homens realizam ao longo da vida, o Toque Rectal é um dos mais comuns e também um dos que causa mais ansiedade.

Aliás, muitos homens evitam este exame, normalmente por algum tipo de constrangimento ou medo da dor ou desconforto.

Se é o seu caso, saiba que pode estar a adiar um possível diagnóstico importante para a sua saúde por receios que não correspondem à realidade.

Hoje vamos explicar tudo sobre este exame – o que é, como se realiza e a sua importância -, de forma a poder beneficiar a sua saúde sem restrições.

 

O que é o Toque Rectal e como é realizado?

Exame Toque Rectal

O Toque Rectal é um dos exames fundamentais para, de forma fácil e rápida, verificar a saúde da próstata.

O procedimento é simples, não exigindo preparação prévia ou equipamento específico: com uma luva, o médico insere o dedo indicador no recto, com a ajuda de lubrificante, que facilita a introdução.

De acordo com as características do paciente e com a sua preferência, o médico pode sugerir algumas posições diferentes para encontrar a mais confortável. Habitualmente, é usada uma das seguintes:

  • Deitado de costas, de barriga para cima, com as pernas flectidas;
  • Curvado sobre a marquesa;
  • Deitado sobre o lado esquerdo, com os joelhos flectidos;
  • Deitado na marquesa, de barriga para baixo, com os joelhos dobrados (os urologistas não utilizam habitualmente esta posição, geralmente reservada para os proctologistas e para problemas ano-rectais, como hemorróidas, fístulas e fissuras.

É perfeitamente natural sentir algum grau de desconforto ou até vontade de urinar, uma vez que o médico aplica alguma pressão na próstata, desencadeando esta sensação.

Contudo, e dado que normalmente dura apenas alguns segundos, este exame não costuma provocar dor, a não ser que existam hemorroidas ou fissuras anais. Nesse caso, deve avisar o médico antes do procedimento, embora, regra geral, possa ser realizado na mesma.

Assim sendo, como vê, não existe razão para medo.

 

Que dados permite obter e qual a sua importância?

Sendo que a próstata está em contacto com a parede anterior do recto, através do Toque Rectal o médico tem acesso facilitado a este órgão, conseguindo avaliar características como:

  • Consistência;
  • Regularidade da superfície;
  • Limites;
  • Dimensões e volume aproximado;
  • Existência de zonas dolorosas ao toque;
  • Existência de nódulos.

Além do mais, este procedimento permite ainda avaliar a capacidade e função do esfíncter anal, isto é, do anel de músculos do ânus.

Quando alguns destes elementos se encontram alterados além daquilo que é considerado normal, podem indicar algum tipo de anomalia.

Assim, este exame é muito importante para o despiste de algumas patologias sendo que as mais comuns são:

Além disso, e como permite obter dados que nenhum outro exame consegue, o Toque Rectal é um método fundamental para a orientação das eventuais medidas terapêuticas ou das etapas do diagnóstico subsequentes.

 

Quando é necessário realizar este Exame?

Sabendo que existem alguns factores de risco que aumentam a probabilidade de desenvolver patologias da próstata, na presença de um deles, ou vários, é fundamental realizar exames regulares, como o Toque Rectal.

Assim, é aconselhado para homens com idade entre os 45-50 anos, ainda que possa ser realizado antes se for justificado por sintomas urinários, por exemplo.

Além disso, homens com as seguintes características também têm indicação para realizar o procedimento de forma regular:

  • Histórico familiar de doenças da próstata;
  • Níveis elevados de testosterona (pois “alimentam” o crescimento das células da próstata);
  • Hábitos alimentares pouco saudáveis.

 

Depois do Toque Rectal

Ainda que o exame do Toque Rectal seja um procedimento muito útil, é frequente que sejam pedidos outros exames complementares, de forma a completar o mais possível o diagnóstico dos pacientes.

De forma geral, o Toque Rectal é realizado em conjunto com a análise sanguínea ao PSA (Prostate Specific Antigen, em português Antigénio Específico da Próstata).

Além disso, podem ainda ser pedidas ecografias, ressonâncias magnéticas, tomografias computorizadas, biópsias e outro tipo de análises ao sangue e/ou urina.

 

Aposte na prevenção e promoção da sua Saúde com Exames de Diagnóstico

Por esta altura já percebeu que o Toque Rectal não é um “bicho-de-sete-cabeças” como parece.

Ainda assim, se continua com algum tipo de receio, o médico irá explicar o exame antes de o efectuar, como forma de o descansar e esclarecer possíveis dúvidas.

Posto isto, não existem razões para continuar a adiar um procedimento que pode realmente fornecer dados importantes sobre o estado da sua saúde e sobre os eventuais passos seguintes a tomar.

No Instituto da Próstata acreditamos que um bom diagnóstico, realizado com bons profissionais, é o segredo para prevenir eventuais complicações que afectem a sua qualidade de vida.

Deixe de lado os constrangimentos – marque uma consulta de diagnóstico e usufrua de uma vida em pleno. 

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

Quais são os 10 primeiros Sintomas de Problemas na Próstata?

As doenças da próstata são muito comuns, geralmente com o avançar da idade. A boa notícia é que, nos dias de hoje, já existem muitas soluções de diagnóstico e tratamento, que procuram devolver ao paciente a sua...

Quais os sintomas de uma Próstata inflamada?

Desenvolver problemas ou patologias na próstata é um acontecimento comum durante a vida dos homens, sendo uma delas a inflamação na glândula. Por vezes, mesmo que tenham percepção e reconheçam alguns sintomas, nem sempre...

O que pode significar valores aumentados da Próstata?

Realizar um teste para avaliar a próstata e constatar que os valores do mesmo estão aumentados é sempre uma fonte de preocupação e ansiedade. É possível que lhe passem uma variedade de cenários pela cabeça, normalmente os...

Pedido de Marcação de Consulta