O que pode significar valores aumentados da Próstata?

Realizar um teste para avaliar a próstata e constatar que os valores do mesmo estão aumentados é sempre uma fonte de preocupação e ansiedade.

É possível que lhe passem uma variedade de cenários pela cabeça, normalmente os piores.

Contudo, é importante perceber que nem sempre valores aumentados indicam a presença de uma patologia grave ou que comprometa significativamente a sua qualidade de vida.

Continue a ler e descubra as mais variadas razões.

 

O que é a Análise do PSA?

Em primeiro lugar, importa saber que o PSA (Prostate Specific Antigen, em português Antigénio Específico da Próstata) é uma glicoproteína produzida quase em exclusivo pelas células da próstata, responsável por tornar o esperma mais líquido.

Assim, analisar o PSA tem como principal função medir os seus níveis, a fim de perceber se existem valores que indiquem possíveis anomalias, já que uma próstata saudável costuma libertar pequenas quantidades desta substância.

Como o PSA também existe no sangue, o teste é realizado através de uma recolha sanguínea.

 

Valores considerados normais

Um valor alto nem sempre significa que existe um problema, assim como um valor baixo também não assegura que não exista, pelo que nem sempre são indicadores certeiros.

Ainda assim, existem alguns valores de referência:

  • Até aos 50 anos: até 2,5 ng/ml
  • Entre os 50 e os 60 anos: até 3,5 ng/ml
  • Entre os 60 e os 70 anos: até 4,5 ng/ml
  • Acima de 70 anos: até 6,5 ng/ml

 

Razões para os valores aumentados

Causas Valores Aumentados Psa 01

É verdade que um PSA elevado pode ser um sinal de cancro na próstata, principalmente se aumentar de forma contínua.

Contudo, é importante que tenha em consideração que existem muitas outras possibilidades para esse aumento, devendo esclarecer-se o problema mas sem criar alarme desnecessário.

Em alguns casos, um nível elevado é temporário, influenciado por diversos factores; noutros casos, o aumento é quase fisiológico e não está relacionado com cancro.

 

1. Envelhecimento

Os níveis de PSA tendem a aumentar com a idade de forma natural, mesmo quando não existe nenhuma patologia associada.

Assim sendo, o mesmo valor em homens de idades distintas representam riscos diferentes. Isto é, por exemplo, um valor de 4,5 ng/mL pode ser normal aos 70 anos, mas não aos 40, por exemplo.

 

2. Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP)

A Hiperplasia Benigna da Próstata é uma patologia que se caracteriza pelo aumento do tamanho desta glândula, graças a um aumento do número de células na região.

Este fenómeno resulta em mais células a produzir PSA, o que faz aumentar o seu valor.

Se apresenta alguns dos sintomas urinários associados a esta condição, como urgência para urinar ou ardor miccional, por exemplo, pode ser um sinal de que sofre de HBP, pelo que deve consultar um médico para o diagnóstico e iniciar tratamento, se necessário.

 

3. Infecções do Aparelho Urinário

As infecções que se formam em locais próximos da próstata, como as do aparelho urinário, podem causar infecção ou inflamação nas células da glândula, levando a que o nível de PSA suba.

Assim, caso seja diagnosticado com infecções deste tipo, deverá resolver e tratar a situação antes de voltar a avaliar os níveis de PSA.

 

4. Procedimentos médicos

Alguns procedimentos médicos podem levar a um aumento do PSA, nomeadamente os que interferem com a próstata, como por exemplo a colocação de cateteres na bexiga, biópsia prostática, endoscopias ou até o toque rectal.

Por isso, a análise deve ser realizada algum tempo após estes procedimentos, para certificar que os valores não são condicionados e alterados pelos mesmos.

 

5. Prostatite

Esta é uma patologia que se caracteriza por uma inflamação na glândula prostática, causando “irritação”, inchaço e elevada sensibilidade, levando a um aumento do PSA.

É uma condição que pode ser causada por uma infecção bacteriana e/ou tornar-se crónica.

Além do aumento do PSA, pode reflectir-se em sintomas do aparelho urinário, como ardor a urinar, ou até em alterações da função sexual, como ejaculação dolorosa ou precoce.

 

6. Ejaculação

De acordo com um estudo de 2016, os níveis de PSA aumentam significativamente em alguns homens após a ejaculação.

Uma das razões pode estar relacionada com a estimulação da próstata – afinal, é responsável pela produção de uma parte do esperma.

Assim sendo, é frequente que seja recomendado não ejacular antes do exame aos níveis de PSA, pelo menos por um período de 48-72 horas.

 

Consulte um médico e conheça melhor a sua Saúde

Uma vez que, como vimos, os níveis de PSA podem sofrer alterações e aumentar por várias razões, é importante que ao teste do PSA se juntem outros métodos de avaliação, outros exames complementares, a fim de aproximar o diagnóstico da condição real do paciente e diminuir os falsos-positivos ou negativos.

Aliás, caso reconheça alguma destas situações que referimos, o médico pode até pedir que volte a repetir a mesma análise numa fase posterior.

É fundamental que converse abertamente com o seu médico para que este o consiga avaliar correctamente.

Os especialistas do Instituto da Próstata dispõem dos meios e do conhecimento que permitem proceder a uma avaliação precisa e fidedigna, beneficiando a sua saúde. 

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

Dr. José Santos Dias no XVI Simpósio da Associação Portuguesa de Urologia

O Dr. José Santos Dias, Director Clínico do Instituto da Próstata, foi um dos oradores do XVI Simpósio da Associação Portuguesa de Urologia (APU), que decorreu no dia 10 de Outubro de 2020, em Lisboa, Porto e Coimbra. Este evento, com...

Cancro da Próstata: Braquiterapia é das técnicas com menos efeitos colaterais

A possibilidade de surgirem efeitos colaterais é uma das preocupações mais recorrentes quanto aos tratamentos do cancro prostático. O cenário ideal é eliminar o tumor e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, não tendo de lidar com...

Os Tratamentos mais eficazes para homens com Próstata Aumentada

As opções terapêuticas para a próstata aumentada, ou Hiperplasia Benigna da Próstata, são uma forma de acabar com a sintomatologia típica e incomodativa. Hoje em dia existe uma vasta gama de opções para o tratamento deste...

Pedido de Marcação de Consulta