Dor na Próstata? Saiba o que pode significar

Sentir dor na próstata pode ser uma preocupação para qualquer homem.

Afinal de contas, as patologias prostáticas estão entre as condições mais comuns no sexo masculino.

Assim sendo, deve saber o que fazer em caso de dor e estar a par das possíveis causas para este tipo de sintoma.

Vamos descobrir tudo isso neste artigo.

 

Qual a principal razão para a Dor na Próstata?

A explicação de primeira linha diz respeito a situações de inflamação na próstata, conhecidas pelo nome clínico de Prostatites.

Esta patologia, que é mais prevalente em homens com 50 anos ou menos, divide-se em 4 tipos, cada um com causas e características diferentes:

  • Prostatite Bacteriana Aguda: como o nome indica, a causa relaciona-se com uma infecção por bactérias, que podem migrar pelo aparelho urinário até à próstata;
  • Prostatite Bacteriana Crónica: semelhante à anterior, mas prolongada no tempo; sendo relativamente pouco frequente, pode surgir por episódios recorrentes de Prostatite Aguda ou tornar-se permanente, constante;
  • Síndrome da Dor Pélvica Crónica: é a forma mais comum, embora as causas não sejam esclarecidas. Sabendo que não se trata de uma infecção bacteriana, outras situações aparecem frequentemente relacionadas com o início destes quadros, como por exemplo infecções, problemas urinários prévios, condições neuromusculares dos tecidos pélvicos, stress, problemas anais o peri-anais, entre outras;
  • Prostatite Inflamatória Assintomática: a causa também não é conhecida e costuma ser detectada incidentalmente em exames como a ecografia, a ressonância ou a biópsia prostática - dado ser assintomática.

 

Sintomas em função do tipo de Prostatite

De modo geral, todos os tipos de Prostatite podem causar dor, uma vez que a próstata tende a ficar mais “inchada” (edemaciada), inflamada e com sensibilidade aumentada.

Além disso, estas alterações podem ter repercussões noutras áreas próximas, pelo que também é frequente sentir dor ou desconforto numa das seguintes zonas ou em várias em simultâneo:

  • Pénis, escroto e/ou recto;
  • Parte inferior das costas;
  • Região entre os testículos e o ânus (períneo);
  • Abdómen e/ou baixo ventre (região supra-púbica, abaixo do umbigo);
  • Virilha.

A sensação de dor na próstata pode ocorrer em situações banais, como quando o doente está sentado, quando faz esforços, carrega pesos ou espirra, ou no momento da micção ou ejaculação.

Ainda assim, a dor tende a variar consoante o tipo de inflamação, nomeadamente quanto à intensidade com que é sentida e à sua duração.

No caso da Prostatite Bacteriana Aguda, este sintoma é intenso, particularmente doloroso e surge de forma repentina.

Já no caso da Prostatite Bacteriana Crónica, a dor pode ser oscilante, aparecendo e desaparecendo por episódios, numa espécie de surtos – intensa, por vezes, ou quase imperceptível, noutras, mas prolongando-se no tempo, daí a sua designação crónica.

No que refere à Síndrome da Dor Pélvica Crónica, os episódios de dor têm duração muito variável, mas podem prolongar-se por cerca de 3 meses ou mais, com intensidade variável.

Por último, na Prostatite Inflamatória Assintomática, como o próprio nome indica, não existem sintomas.

Não se esqueça que estes quadros inflamatórios provocam ainda, geralmente, queixas do aparelho urinário, como por exemplo:

  • Urgência e aumento da frequência miccional;
  • Noctúria;
  • Retenção urinária;
  • Hematúria (sangue na urina);
  • Ardor miccional.

No caso da Prostatite Aguda, os episódios podem também provocar febre e arrepios.

 

Como lidar com a Dor da Prostatite?

Quando a próstata causa dor por infecção bacteriana, para ultrapassar a dor é necessária a toma de antibióticos, durante um período curto, se for aguda, ou mais prolongado, se for crónica.

Quando a causa não é conhecida, geralmente são receitados anti-inflamatórios para aliviar a dor, alfa-bloqueantes para relaxar os músculos da próstata ou, em situações específicas e analisadas, certos antibióticos, mesmo que a causa não seja bacteriana.

 

Outras causas para a Dor na Próstata

Apesar de, tal como referido anteriormente, a Prostatite ser a causa n.º 1 de dor prostática, existem outras razões que podem estar na base das dores na próstata e regiões próximas, entre as quais:

Outras Causas Dor Prostata

 

Técnicas para aliviar a dor 

Independentemente da causa, existem algumas medidas que pode experimentar para aliviar as dores ou para promover a saúde da próstata, tais como:

  • Banhos quentes;
  • Evitar actividades que causem traumatismo perineal ou na próstata (andar a cavalo ou de bicicleta ou estar sentado durante largos períodos);
  • Experimentar técnicas de relaxamento, para relaxar os músculos pélvicos e perineais;
  • Seguir uma dieta saudável;
  • Beber água suficiente;
  • Evitar o stress.

 

Conheça melhor os sinais do seu corpo com ajuda médica

Preservar a nossa saúde passa por identificar sinais de que algo pode não estar bem.

Assim, se sente algum tipo de dor na próstata ou no períneo ou outra sintomatologia associada a estas condições deve procurar um médico para proceder a um diagnóstico correcto e perceber a razão da mesma, porque condições diferentes podem causar sintomas semelhantes, sendo importante o diagnóstico preciso - e o tipo de tratamento depende da causa do problema.

Nestas situações, é possível que sejam pedidos alguns dos seguintes exames, além da avaliação das queixas:

O mais importante é contar com especialistas em doenças prostáticas, como os do Instituto da Próstata – na verdade, já tratámos cerca de 5000 pessoas com estas condições.

Marque uma consulta de diagnóstico e perceba o seu corpo melhor do que nunca.

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Pedido de Marcação de Consulta