Braquiterapia trata 80-90% dos Cancros da Próstata localizados

Sendo o cancro da próstata uma das doenças que mais afecta os homens, é cada vez mais importante encontrar métodos mais eficazes e com menos interferência na vida normal dos pacientes, como a Braquiterapia.

Neste sentido, hoje em dia é considerado um método de primeira linha, capaz de se afirmar cada vez mais como uma alternativa aos procedimentos mais clássicos.

Porquê? O que faz desta técnica uma solução tão eficiente e com resultados tão promissores?

É o que vamos descobrir neste artigo.

 

Porque é que a Braquiterapia é tão eficaz?

O tratamento de Braquiterapia consiste na introdução de implantes radioactivos, através de agulhas colocadas na zona perineal, que vão libertando radiação ao longo do tempo até o tumor ser eliminado.

Quando o tumor não se alastrou para órgãos próximos nem migrou através da corrente sanguínea ou sistema linfático para zonas mais distantes, o que só é conhecido através de exames de diagnóstico para o estadiamento do cancro prostático, significa que as células cancerígenas estão localizadas apenas na próstata.

Neste caso, como as sementes radioactivas são inseridas apenas na glândula prostática de forma controlada, localizada e minuciosa, é possível eliminar o tumor na totalidade, curando o paciente, sem danificar tecidos, orgãos e estruturas adjacentes.

Esta técnica tem evoluído ao longo do tempo, graças ao desenvolvimento dos equipamentos e tecnologias que facilitam e controlam o processo, levando a que a sua eficácia seja tão elevada e o tratamento seja cada vez mais preciso.

 

Quais as principais vantagens da Braquiterapia?

A Braquiterapia é um método muito eficaz, levando a que seja muitas vezes escolhida em detrimento de outros métodos, nomeadamente a Cirurgia convencional, laparoscópica ou robótica ou a Radioterapia.

Esta escolha prende-se com as suas conhecidas vantagens bem como às melhorias e  inovações que foram sendo introduzidas neste método de tratamento, ao longo do tempo. Vamos conhecê-las, comparando-as com as outras alternativas.

Principais Vantagens Braquiterapia

1. Taxa de sucesso elevada

Apesar de se tratar de uma patologia extremamente comum, as hipóteses de cura do cancro da próstata são também, felizmente,  muito elevadas.

A Braquiterapia permite tratar entre 80-90% dos casos dos tumores localizados!

Além do mais, pode ser aplicada complementarmente a outros tratamentos, como a Radioterapia Externa, levando a melhoria os resultados dos mesmos.

Este tratamento permite que os homens tratados recuperem uma qualidade de vida satisfatória, sem limitações.

Mais: é realizada por uma equipa multi-disciplinar, composta por um Urologista, um Radioterapeuta e um Físico, além dos elementos habituais de uma equipa cirúrgica, incluindo Anestesista e Enfermeiros, que, de forma conjunta e complementar, asseguram a obtenção dos resultados positivos que se conseguem com esta técnica.

 

2. Regresso rápido a casa e à vida normal

Esta terapêutica permite que o tempo de internamento seja curto – geralmente, o paciente tem alta em menos de 24 horas, podendo assim regressar a casa muito rapidamente.

Além do mais, é  uma intervenção rápida (demora cerca de 1-2 horas) realizada apenas numa sessão, contrariamente ao que acontece com a Radioterapia Externa, por exemplo, que exige sessões diárias, habitualmente durante algumas semanas.

O tempo de algaliação (que consiste na inserção de um catéter para ajudar a drenar a urina da bexiga) é também mínimo, de apenas algumas horas, sendo a algália retirada antes da alta médica. No caso da cirurgia convencional, pode demorar algumas semanas.

 

3. Método seguro

Falar em radiação pode ser ligeiramente intimidante, levando a imaginar uma série de riscos e complicações que se associam às técnicas clássicas que envolviam radiação e que já não correspondem às que se praticam na actualidade.

Graças à libertação de radiação de forma localizada e precisa, a partir dos implantes que são colocados para destruir as células doentes, a Braquiterapia permite preservar os órgãos e tecidos próximos, sem os danificar.

Tal como na Radioterapia Externa, por exemplo, as células normais da próstata podem também ser afectadas pela radiação, mas este facto não tem geralmente consequências negaticas para a pessoa.

 

4. Poucos efeitos secundários

Este é um dos maiores benefícios da técnica de Braquiterapia.

De forma geral, existem algumas consequências frequentemente associadas aos tratamentos para o cancro da próstata, nomeadamente quanto à função sexual e à incontinência urinária.

Ainda que seja possível sentir algumas queixas urinárias, mesmo que transitórias, com a Braquiterapia a taxa de incidência destes efeitos secundários é muito menor, quando comparada com métodos cirúrgicos de remoção da próstata, por exemplo.

 

5. Risco de complicações reduzido

Como método pouco invasivo que é, este procedimento permite tratar agressivamente o tumor sem serem necessárias quaisquer incisões.

Assim, o risco de complicações após a intervenção, como por exemplo as hemorragias, é diminuto ou ausente.

 

Quer beneficiar dos efeitos da Braquiterapia? Consulte o seu médico em primeiro lugar

Por esta altura, decerto já percebeu a razão da Braquiterapia ser uma solução de tratamento muito promissora.

Apesar disso, é natural que também apresente algumas desvantagens ou contra-indicações, que podem limitar a sua utilização.

É por isso que é tão importante conversar com um médico especializado, que não só consegue realizar um diagnóstico correcto, como também orienta quanto ao melhor método a seguir, de acordo com o tipo de tumor, o estadiamento do mesmo, o estado de saúde dos doentes, entre outros factores. 

No Instituto da Próstata contamos com profissionais experientes em técnicas inovadoras, como a Braquiterapia. O nosso objectivo é proporcionar-lhe um tratamento seguro e eficaz, capaz de lhe devolver a saúde.

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

Dr. José Santos Dias no XVI Simpósio da Associação Portuguesa de Urologia

O Dr. José Santos Dias, Director Clínico do Instituto da Próstata, foi um dos oradores do XVI Simpósio da Associação Portuguesa de Urologia (APU), que decorreu no dia 10 de Outubro de 2020, em Lisboa, Porto e Coimbra. Este evento, com...

Cancro da Próstata: Braquiterapia é das técnicas com menos efeitos colaterais

A possibilidade de surgirem efeitos colaterais é uma das preocupações mais recorrentes quanto aos tratamentos do cancro prostático. O cenário ideal é eliminar o tumor e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, não tendo de lidar com...

Os Tratamentos mais eficazes para homens com Próstata Aumentada

As opções terapêuticas para a próstata aumentada, ou Hiperplasia Benigna da Próstata, são uma forma de acabar com a sintomatologia típica e incomodativa. Hoje em dia existe uma vasta gama de opções para o tratamento deste...

Pedido de Marcação de Consulta