Descobri que tenho Cancro da Próstata – devo pedir uma 2ª opinião médica?

Receber o diagnóstico de cancro na próstata não é fácil para nenhum homem, mesmo que actualmente seja uma patologia com elevadas taxas/hipóteses de cura.

Geralmente, é um período marcado pela preocupação e por dúvidas recorrentes. Uma delas diz respeito à necessidade ou importância de procurar uma segunda opinião médica.

Será fundamental? Porquê e em que situações? E será que deve dizer ao seu médico que pretende ser reavaliado por outro profissional?

São tudo questões pertinentes e que vamos clarificar neste artigo para que possa decidir com consciência. 

 

Importância de pedir uma Segunda Opinião

Na fase de diagnóstico, os pacientes podem considerar vantajoso obter uma segunda opinião médica. Afinal, podem sempre existir dados pouco claros e enganadores ou subsistirem dúvidas pertinentes e relevantes, por mais que todos os procedimentos e avaliações tenham sido realizados com todo o profissionalismo.

De acordo com um estudo recente, em que se avaliaram os casos dos pacientes de uma clínica específica:

  • Cerca de 21% dos que procuraram uma nova opinião obtiveram um diagnóstico totalmente novo.
  • Por outro lado, em 66% dos casos os diagnósticos estavam parcialmente correctos, sendo complementados pelo novo médico.

Nos casos de cancro, dada a gravidade da doença, é essencial que a confirmação da patologia se baseie numa série de exames distintos, por vezes repetidos, que corroborem o diagnóstico tumoral, o seu grau, estadiamento, etc.

Ainda assim, de acordo com outro estudo:

  • A orientação de 43% dos pacientes  com cancro, de um determinado centro, mudou quando recorreram a uma segunda opinião por um conselho multidisciplinar.

Para além destes dados, existem inúmeros tratamentos para o cancro da próstata, o que, por um lado, é encorajador, mas por outro pode tornar o processo de decisão e tratamento mais confuso.

É importante que os doentes estejam informados e sejam esclarecidos. Que tenham acesso a toda a informação para que possam fazer opções mais seguras, vantajosas e esclarecidas possíveis.

 

Em que situações deve consultar outro médico? 

Nem todos os pacientes sentem necessidade de recorrer a outra opinião médica. No entanto, para aqueles que o ponderam, devem fazê-lo nas seguintes situações:

Situacoes Em Que Deve Consultar Outro Medico

  • Se estiverem confusos e inseguros quanto ao diagnóstico ou tratamento;
  • Se pretenderem uma opção terapêutica diferente da que foi recomendada (menos invasiva, menos arriscada ou com menos efeitos secundários, por exemplo);
  • Se não sentirem confiança e proximidade suficiente com o especialista;
  • Se pretenderem realizar o tratamento da sua situação clínica com médicos com a maior experiência possível no tratamento dessa doença;
  • Se não obtiverem os resultados esperados no tempo previsto.

Obter uma segunda opinião de um especialista com experiência contribui para dissipar as dúvidas e ganhar confiança no processo terapêutico recomendado. 

 

Como pedir uma segunda opinião médica?

Pedir mais informação sobre a sua doença não significa que o seu médico actual é mau profissional ou que não confia no seu parecer.

Mais do que ninguém, os profissionais médicos sabem que é uma necessidade compreensível e normal, estando até contemplada na Carta dos Direitos e Deveres do Doente, pelo que não se sentirão ofendidos.

Os próprios médicos recorrem, muitas vezes, à opinião de outros colegas, como forma de certificar o diagnóstico e/ou a melhor orientação terapêutica ou recomendam aos seus doentes a procura da opinião de outro colega.

Assim, deve revelar abertamente a sua intenção. O seu médico pode até recomendar um colega especialista, mais experiente numa determinada área. A segunda opinião será útil para ambos, ao permitir consolidar o quadro clínico e as possibilidades de tratamento.

Para uma reavaliação, deve munir-se das seguintes informações: 

  • Relatórios com as hipóteses diagnosticadas;
  • Exames realizados;
  • Registo dos tratamentos já efectuados e respectivos resultados conseguidos.

 

O que fazer depois?

Se, após a consulta com outro profissional de saúde, confirmar o diagnóstico e o tratamento mais adequado, ótimo. Deve, então, prosseguir com aquele que lhe transmite mais confiança ou que tem mais experiência nessa situação.

Ainda assim, existe a possibilidade de se deparar com resultados diferentes. 

Nestes casos, existem vários factores a considerar, nomeadamente a clareza de cada informação e a confiança em cada um dos especialistas.

Pode sempre recorrer a uma terceira opinião.

 

Pedir uma 2.ª opinião médica é normal 

Alguns médicos tendem a utilizar linguagem demasiado técnica que dificulta a compreensão e pode gerar um sentimento de ansiedade ainda maior. 

Acima de tudo, é essencial que a informação seja passada aos doentes de forma clara e percetível. Devem sentir-se à vontade para confiar, esclarecer todas as dúvidas e expressar os seus medos com o profissional que os acompanha. 

Portanto, se tem dúvidas ou repara numa certa indisponibilidade por parte do seu médico, peça uma nova opinião

No Instituto da Próstata somos especialistas em doenças da próstata, como o cancro da próstata e o aumento benigno deste orgão, pelo que pode marcar uma consulta de 2.ª opinião -  quer presencial, quer por por tele-consulta. 

Além do acompanhamento próximo, estamos actualizados quanto às técnicas terapêuticas mais inovadoras e eficazes.

Dr. José Santos Dias

Director Clínico do Instituto da Próstata

  • Licenciado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Especialista em Urologia
  • Fellow do European Board of Urology
  • Autor dos livros "Tudo o que sempre quis saber Sobre Próstata", "Urologia fundamental na Prática Clínica", "Urologia em 10 minutos", "Casos Clínicos de Urologia" e "Protocolos de Urgência em Urologia"

Artigos Relacionados

Dor na Próstata? Saiba o que pode significar

Sentir dor na próstata pode ser uma preocupação para qualquer homem. Afinal de contas, as patologias prostáticas estão entre as condições mais comuns no sexo masculino. Assim sendo, deve saber o que fazer em caso de dor e estar a par...

Próstata: o que é e qual a sua função?

Entre os órgãos do corpo humano que distinguem os homens das mulheres encontra-se a próstata, uma glândula complexa. Ainda que pequena e facilmente esquecida, tem um papel fundamental na qualidade de vida dos homens e muitas funções...

Conheça as Causas, Sintomas e Tratamentos do Cancro no Rim

O desenvolvimento de uma patologia nos rins, principalmente um cancro, exige toda a atenção e cuidados, uma vez que são órgãos fundamentais para o correcto funcionamento do nosso organismo. Assim, é importante reunir toda a...

Pedido de Marcação de Consulta